Craqueamento Catalítico Fluidizado - FCC

Craqueamento Catalítico Fluidizado - FCC

Um craqueamento catalítico fluidizado é muitas vezes a peça central de uma refinaria de petróleo. O processo destina-se a 'craquear' a fração de óleo de gás do processo de destilação. O craqueamento é feito por meio de um catalisador que se comporta como um fluido quando é ventilado com vapor.

A fonte de energia típica da FCC é o gasóleo atmosférico, os fundos da torre de vácuo ou gasóleo de coque. A fonte de calor entra em contato com o vapor e em seguida, com o catalisador. Este processo altera a sua estrutura molecular de carbono de mais pesada para mais leve. Os produtos FCC de saída são principalmente estoques de unidade de alquilação (propileno, isobuteno, gasolina, carburante diesel).

Importância & Desafio Técnico de Medição de Vazão em FCC

A taxa de alimentação FCC (ver o ponto 1 acima) deve ser otimizada contra outros parâmetros operacionais (como catalisador de circulação, a capacidade de alquilação, capacidade de compressão de gás, etc.). Estes líquidos de alimentação são na sua maioria muito quentes e, portanto representam um desafio às tecnologias convencionais de medição de vazão.

A medição de óleo clarificado (ver o ponto 2 acima) é um indicador muito importante de como funciona o processo de craqueamento. Este líquido é difícil de medir pois contém traços do catalisador e é muito abrasivo para as tecnologias intrusivas medição de vazão.

Instrumentos Convencionais e Suas Desvantagens

Convencionalmente, estes dois fluxos líquidos são medidos com dispositivos diferenciais de pressão (PD), como medidores de orifícios ou Wedge (de cunha). Esta tecnologia é propensa a erros de medição: as placas de orifício na aplicação do óleo clarificado causa desgaste e erros de leitura do fluxo. Além disso precisam de manutenção intensiva já que o líquido entra e obstrui as linhas de impulso de pressão, causando falsas leituras. A limpeza destas linhas torna-se uma rotina de manutenção regular e pode ser perigosa, devido à temperatura do líquido.

A Solução FLEXIM

A FLEXIM oferece a solução ideal para a medição de vazão nesses ambientes. Desde que os transdutores junto com o WaveInjector são simplesmente colocados no tubo, nunca entram em contato direto com o meio e portanto, não são propensos a abrasões ou obstruções. A medição é confiável e precisa e não está sujeita a desvio.

 

dispositifs connexes