Betume em Instalações de Areia Asfáltica

Betume em Instalações de Areia Asfáltica

Em um canadense mina a céu aberto de areia asfáltica,  o óleo recuperado é refinado diretamente no local. Um dos muitos passos de processamento envolvidos é o tratamento térmico de betume, chamado de cozimento. Nesta operação, o fluxo de betume tem de ser medido a uma temperatura entre 350 °C e 400 °C. Assim, a alimentação de coque exige controle e regulação precisos da entrada de produto, que só pode ser realizada por uma medição confiável.

Além disso, alguns medidores de vazão são também utilizados para a deteção de entupimento da linha. As linhas obstruídas podem facilmente causar uma parada de toda a instalação, levando a enormes custos de inatividade. No passado, estas medições foram feitas com métodos diferenciais de pressão ou com medidores vórtex. Como todos os instrumentos de medição em linha, estes foram sujeitos a desgaste e consumo e exigiam uma manutenção diária.

A medição de vazão não intrusiva revelou-se uma solução significativamente melhor. Um teste de medição, usando o WaveInjector juntamente com um transmissor portátil em um tubo de 6 "carregando um resíduo quente  da torre VAC demonstrou a superioridade da tecnologia ultrassônica.

Felizmente, para o cliente, este teste de medição revelou uma falha da válvula de controle. A refinaria agora usa os valores de fluxo enviados pelo WaveInjector e por um transmissor permanente FLUXUS ADM 7407 para um balanço de massa de confiança no processo de atualização.

As vantagens

  • Fácil instalação em condições problemáticas

  • Instalação direta sem a necessidade de abrir o tubo e sem tempo de inatividade da instalação

  • Não há corrosão ou desgaste causado pelo meio – proporcionando assim uma longa vida útil

dispositifs connexes